sábado, 31 de dezembro de 2011

OPALA KAY

OPALA KAY
1975 PRATA
4 CILINDROS

Herdando o "mal" dos Opaleiros da família (como diz minha esposa), meu filho mais velho adquiriu esse belo espécime de Opala.
Carro bastante íntegro, boa lata, boa mecânica, câmbio mais atual de 5 marchas.
Como é de beira de praia alguns podrinhos e ferrugens afloram com certeza.
Mas sem pressa vai acertando.

As primeiras ações foram a retirada do "bilolô", como diz meu filho, do capô, que é só enfeite e está quebrado e a grade também um pouco quebrada.




Os pára-choques foram retirados para conferir presença de podre e pontos de ferrugem.
Alguns pequenos podres foram tratados com TF7 (convertedor de ferrugem em primer) para evitar avanço da ferrugem.  
A grade foi substituída e posta outra que pertencia a um Opala 79 que eu tinha.  
Fica bonito o bichão sem pára-choques.


Pára-choques desamassados e pintados com tinta na cor preto Cadilac.  


Pára-choque traseiro com ferrugem e um pouco amassado. 


Sem pára-choque e tratamento com TF7.


Hora de banho da caranga...


Logomarca do Opaleteria e do Rockxigênio.
Rock na cabeça!!!


Carrão sendo lavado...




Aqui o feliz proprietário e sua filhinha de 7 meses, Melissa.






Um comentário:

Fellipe Hoppe disse...

oq vc fez com a grade q estava nele? ainda esta com ela? vlw